Sobre São Nicolau

  • ribeira-brava-sao-nicolau-cabo-verde

São Nicolau foi descoberto em Dezembro de 1461 por Diogo Afonso, navegador português mas só em 1510 começou a ser povoado por gentes vindos da Madeira e escravos da África. Tendo sido uma ilha com um passado vulcânico muito activo, visível no seu relevo bastante acidentado tendo o seu ponto mais alto é o Monte Gordo com 1304 metros. A vila da Ribeira Brava, é a sede administrativa do concelho. A sua característica principal são as ruas bastantes estreitas e os seus casarios destacando-se a Igreja Matriz, construída no século XVII. O Forte e o Porto de Preguiça, são nomes históricos pois foi por onde passou Pedro Álvares Cabral na sua viagem que resultaria na descoberta do Brasil. Ribeira Brava é a sua principal vila e é também a sede da diocese de Cabo Verde.

Praia de David

Praia de David

Como quase em todas as ilhas de Cabo Verde existe em São Nicolau um forte contraste paisagística. Zonas verdes com campos de cultivo e zonas mais áridas e menos povoadas que ficam entre as montanhas e as praias de areia negra. Os dragoeiros, são sem dúvida o símbolo principal da ilha de São Nicolau. São plantas que podem atingir centenas de anos de idade e árvores de grandes dimensões.

Dragoeiro típico da ilha de São Nicolau

Dragoeiro típico da ilha de São Nicolau

São Nicolau foi o berço da intelectualidade cabo-verdiana onde nasceu o movimento literário “Claridade”, muito importante na literatura cabo-verdiana. É também a ilha Natal Armando Zeferino Soares, o compositor da música Sodade e Baltasar Lopes da Silva, grande escritor caboverdiano.

Praia de Juncalinho

Praia de Juncalinho

A ilha começou por ter como principal produto de exportação o café mas foi substituído pela produção de cana-de-açúcar. Possuindo um mar extremamente rico em peixe, a pesca é o mais importante meio de subsistência da sua população . O espadarte, a serra e o atum são alguns tipos de peixes que se podem encontrar na ilha mas a uma atracção principal é sem dúvida o “blue marlin”. Para além do mar, as suas praias de areia negra, são conhecidas por possuírem propriedades curativas, sobretudo de doenças reumáticas.

Rotcha Scribida

Rotcha Scribida

Situado no ponto mais alto da ilha, o Parque Nacional de Monte Gordo, possui uma vista deslumbrante onde os turistas amantes de aventura podem fazer vários passeios pedestres pois existem vários circuitos para “trekking”. O Juncalinho a nordeste da ilha é um passeio obrigatório onde existe uma fabulosa piscina natural de águas cristalinas e esverdeadas.

Parque Natural de Monte Gordo

Parque Natural de Monte Gordo

Para norte e não menos importante fica a Ribeira da Prata. Para quem gosta de mitos etnográficos existem ali rochas com desenhos chamadas de “rotcha Scribida” uma paisagem soberba que transformou-se em mito e que nos lembram paisagens dos nossos antepassados. A festividade mais importante da ilha é a festa do São João a 24 de Junho que é celebrada com desfiles e tambores. É nesta ilha que todos sabem dançar a ” mazurka”, um género de contra-dança com raízes na Europa. A especialidade gastronómica é o “Modje de Kapôde”, um delicioso ensopado de cabrito capado com mandioca, banana verde, batata, abobara  inhame), a “Cachupa refogada com peixe seco frito” e a “Farinha de Pau (mandioca)”.

Praia de Tarrafal

Praia de Tarrafal Créditos: Mercè Ortega

Place Categories: Sobre a Ilha.Place Tags: Dragoeiros, juncalinho, Parque Monte Gorgo, Praia Tarrafal, Ribeira Brava and Rotcha Scribida.

Place Your Review

Send To Friend

Send Enquiry

Claim Listing

What is the claim proccess?