Sobre Fogo

  • videiras-vulcao-cha-caldeiras-fogo-cabo-verde

Ilha de Fogo

 
 

Descoberta a 1 de Maio de 1640 pelos navegadores portugueses, a Ilha do Fogo (ou Djarfogo) é uma das 10 ilhas. “DjarFogo” ou a Ilha do Fogo é uma das dez ilhas que constituem o Arquipélago de Cabo Verde e foi encontrada a 1 de maio de 1640. Foi a segunda ilha a ser descoberta pelos navegadores portugueses . Denominada no início como São Filipe mas depois alterada para ilha do Fogo devido ao seu grandioso vulcão, o ponto mais alto de Cabo Verde com aproximadamente 2. 829 metros . Cerca de quatro horas a pé serão precisos para chegar ao cimo da cratera e aconselha-se levar protecção pois faz bastante frio no topo. Com uma beleza espectacular, é sem dúvida a maior atracção turística da ilha. Ainda é considerado um vulcão activo tendo ocorrido a última erupção em Abril de 1995.

Igreja Católica da Chã das Caldeiras

Igreja Católica da Chã das Caldeiras

A capital da ilha do Fogo é São Filipe

O Vulcão da Ilha do Fogo

Existe uma impressionante cratera mesmo no sopé do vulcão onde se situa a aldeia de Chã das Caldeiras. Esses aldeões são de pele e olhos claros e cabelos loiros encaracolados. São descendentes de um viril francês de apelido Montrond. Esta gente que se dedica essencialmente à agricultura, onde se produz o famoso o café de fogo que é conhecido como um dos melhores do mundo e também o vinho “Manecom” onde são plantadas as vinhas nas terras férteis na base do vulcão, estes dois artigos só pecam pela quantidade, para serem conhecidos mundialmente, por enquanto são considerados quase como artigos de colecção ou para ocasiões especiais.

Criança da ilha do Fogo

Mestiçagem de Cabo Verde Créditos: Elysa

 São Filipe, Capital do Fogo

A capital da ilha do Fogo é São Filipe uma cidade de uma beleza invejável. Encontra-se virada para o mar em frente à pequena ilha da Brava. É uma cidade que se orgulha de ser uma das mais limpas do mundo. Em todas as suas ruas pavimentadas encontrámos numerosos jardins de lindas flores e árvores. A característica essencial de São Filipe são os seus sobrados (casas antigas tipo colonial) onde viviam os aristocratas Portugueses que dominavam a sociedade na época. Junto com uma linda e extensa praia de areia negra “praia de Fonte de Vila” fazem assim a delícia dos turistas.

Cidade de São Filipe com vista para a ilha da Brava

Cidade de São Filipe com vista para a ilha da Brava

Mosteiros

Ao Norte da ilha situa-se a zona de Mosteiros. A sede do concelho é a Vila da Igreja, um pequeno e charmoso centro, que fica situado entre a montanha e o mar. Mosteiros é um concelho onde a negritude vulcânica da paisagem contrasta com terrenos de solos férteis com plantações de vinhas, legumes e vegetação. Um dos 3 Concelhos da Ilha é o de Santa Catarina. Uma freguesia com sede em Cova Figueira (Kóba Figera) situado perto do vulcão e devido a isso com muita potencialidade natural. O dia do Município é 25 de Novembro  data da celebração de Santa Catarina.

Mosteiros-Trás

Mosteiros-Trás

Grandes interesses turísticos da ilha para além do seu majestoso vulcão é a sua floresta, única nas ilhas o ” Monte Velha” e as Salinas de ” São Jorge” , praias de areia negra que serve tanto para mergulho à superfície como a grandes profundidades. Uma das mais bonitas heranças e património arquitétonico da era colonial os Sobrados podemos imclusive passar uma estadia num destes sobrados agora transformado numa linda e charmosa unidade a Casa Colonial em São Filipe que está disponível online

Praia de Fonte Bila em São Filipe

Praia de Fonte Bila em São Filipe

Outra oferta online de alojamento na ilha do Fogo



Booking.com

Quanto a festividades, o dia de “Nhô San Flipe”, São Filipe (1 de Maio), é a principal festa na ilha do Fogo. Começou por ser organizada desde 1940 pelas famílias mais abastadas que todos os anos passam a responsabilidade da Bandeira a outra família para organização da festa o ano seguinte, durante uma semana ou mais é o centro das atenções de Cabo Verde, cortejos, procissões, actuação de vários grupos nacionais e internacionais vão culminar com a famosa corrida de cavalos e provas de perícia dos seus cavaleiros.

Corrida de Cavalos em São Filipe

Corrida de Cavalos em São Filipe

Nos dias de festa, vêm para a ilha gente de todo o mundo principalmente emigrados da América, Holanda e Portugal, que aproveitam para rever as suas famílias, pessoas de todas as idades, mulheres com cestos de flores coloridas à cabeça, homens com bandeiras, tambores, barcos alegóricos e que repicam tambor durante todo o dia. Hoje é uma das mais importantes festas de Cabo Verde e termina com a transmissão da Bandeira à família que organizará o evento do ano seguinte.O dia de “nhô San Djon”, São João a 24 de Junho é também muito importante e lembrada em todas as ilhas principalmente na ilha do Fogo. Por todo o lado temos também bandas que toquem a morna à moda da ilha do Fogo “Talaia Baixo acompanhado com Violino” e ainda apreciar o seu famoso artesanato feito com a própria lava do vulcão.

Festival da Praia Lantcha na cidade da Igreja

Festival da Praia Lantcha na cidade da Igreja

Dos pratos tradicionais da Ilha destaca-se a Djagacida (feito com farinha de milho e feijão), Xerém (farinha de milho mais grossa) de manteiga acompanhado de guisado de carne, Cachupa, Camoca (milho torrado e moído), Gufongo (tipo de pão feito a partir de farinha de milho). Não esquecendo o tradicional Queijo do Fogo , o melhor e o mais apreciado do arquipélago.

Place Categories: Sobre a Ilha.Place Tags: Chã das Caldeiras, Cidade de São Filipe, Corrida de cavalos, Festival Praia Lantcha, Mosteiros, Praia Fonte Bila, Santa Catarina de Fogo and Vulcão de Fogo.

Place Your Review

Send To Friend

Send Enquiry

Claim Listing

What is the claim proccess?